Rock N' Roll Racing (SNES / Mega Drive)

domingo, 22 de junho de 2008 Postado por Andreas L.S.

Gênero: Corrida


Fabricante: Silicon & Synapse (atual Blizzard)


Lançamento: 1993


Jogadores: 1 / 2 players


UAU!! ROCK N’ ROLL RACING!!!

Eu me lembro da primeira vez que eu joguei Rock n’ Roll Racing. Foi na casa de um colega que morava na mesma rua que eu. Inicialmente não me impressionou muito, mas bastou uma corrida para que minha opinião mudasse.

Rock n’ Roll Racing é um jogo excelente, que possui uma legião de fãs de todas as idades.
Sua trilha sonora unida ao seu estilo fazem de Rock ‘n Roll Racing um grande jogo, principalmente por se tratar um jogo desenvolvido para consoles de 16-bits.
Sentar a frente de sua TV ou monitor e não passar um bom tempo jogando RRR é simplesmente impossível.

Os gráficos são excelentes para um jogo de 1993 principalmente pela visão isométrica, que dá aquela impressão de 3D ao game. Os cenários são uma obra de arte. São no total seis planetas, cada qual com características únicas.

Cada personagem tem suas vantagens, totalizando sete personagens selecionáveis, sendo um deles Olaf de “Lost Vikings”, um personagem secreto. Há também um oitavo personagem, também secreto, que só pode ser acessado por password.

Ao vencer as corridas, você ganha dinheiro para poder melhorar ou até comprar um novo carro para detonar e se proteger dos ataques inimigos. Ataque seus adversários com armamento pesado e exploda todos. Eles voltarão após alguns segundos, mas são esses segundos que lhe darão a vantagem necessária para a vitória.

O som é simplesmente perfeito. Com uma trilha sonora de peso e a excelente narração de Larry "Supermouth" Huffman, o som do jogo jamais poderia passar despercebido.
Vale a pena conferir as músicas presentes na trilha do jogo:

Paranoid
Lançada pelo Black Sabbath em sua formação original (Ozzy, Geezer, Tony e Bill), Paranoid é com certeza, uma das três mais marcantes músicas de toda história do rock n’ roll. Sem contar que foi a porta de entrada que levou muita gente ao Rock ‘n’ Roll e ao Heavy Metal (eu sou um desses).
Fantástica em cada segundo, até mesmo na versão ‘cavernosa’ do disco original.
O sucesso de Paranoid foi tão grande que até mesmo hoje, mais de trinta e cinco anos após seu lançamento, está presente em todos os shows da carreira solo de Ozzy.
Não resta dúvida. Essa música era obrigatória em Rock n’ Roll Racing.
“Can you help me? Occupy my brain?”

The Peter Gunn Theme
A primeira vez que escutei The Peter Gunn Theme foi no filme The Blues Brothers, conhecido aqui no Brasil como “Os Irmãos Cara de Pau”.
A música é muito boa, e, assim como no filme, se encaixou perfeitamente em Rock n’ Roll Racing.
The Peter Gunn Theme foi composta para o seriado americano Peter Gunn por Henry Mancini, responsável também pela música tema de A Pantera Cor-de-Rosa.

Born to be Wild
Born to be Wild é mais do que uma música, é um hino à liberdade. Quem já a escutou sabe do que estou falando.
“I like smoke and lightning” e “Racin’ with the wind” ilustram bem o visual de Rock n’ Roll Racing assim como “Heavy Metal Thunder” (para aqueles que não entenderam nada, escutem Born to be Wild).

Highway Star
“Nobody gonna take my car, I'm gonna race it to the ground /Nobody gonna beat my car, it's gonna break the speed of sound”.
Essa música precisava estar em Rock n’ Roll Racing, pois, alem de ser uma das melhores músicas do Deep Purple (atrás somente de Smoke On The Water, em minha opinião), está em sintonia com todo o universo de RRR.
Não sou o mais qualificado para falar de Deep Purple, pois até hoje só ouvi dois discos da banda, mas há mais de dez anos jogo Rock n’ Roll Racing e por isso digo, excelente música.

Bad To The Bone
Pode até ser que alguns nunca tenham escutado essa música por completo, mas com certeza já escutaram sua introdução (acho que faz parte da trilha sonora de algum filme, mas não lembro o nome, só que já passou na Sessão da Tarde).
Ao escutar Bad to the Bone completamente pela primeira vez, foi uma suposta "gravação" do ZZTop (que recentemente descobri ser na verdade de George Thorogood & The Destroyers), e a música é realmente muito boa, valendo a pena escutá-la, mesmo que só por curiosidade, já que ela faz parte do setlist de RRR.

Radar Love (Somente na versão p/ Mega Drive)
Uma boa música, principalmente para um jogo de corrida.
“I've been drivin' all night” e “The road has got me hypnotized” passam para que ouve um pouco da indescritível sensação de dirigir simplesmente por dirigir.
Não é preciso nem dizer que Radar Love foi muito bem selecionada para estar em RRR. Uma pena que esteja presente apenas na versão para Mega Drive.

É difícil para mim como um fascinado pelo Mega Drive admitir, mas o jogo do SNES é muito superior à versão do Mega Drive, mesmo tendo uma música a menos.

Com certeza Rock n’ Roll Racing deve estar na sua coleção de games, e não simplesmente por ser um marco, mas por ser realmente muito bom. Comece a jogar agora, escolha seu personagem, escolha seu carro e... “LET THE CARNAGE BEGIN!”





NOTA FINAL: 9,9
JOGO EXCELENTE, OBRIGATÓRIO NA BIBLIOTECA DE JOGOS DOS 16-BITS. PROPORCIONARÁ HORAS DE DIVERSÃO E LHE COLOCARÁ DIANTE DO MELHOR DO ROCK.
Plataforma: ,


Comente com o Facebook: