Ristar (Mega Drive)

sexta-feira, 5 de setembro de 2008 Postado por Andreas L.S.


Gênero: Ação / Plataforma


Fabricante: Sonic Team


Lançamento: 1995


Jogadores: 1 player




Eu me lembro quando joguei Ristar pela primeira vez (Deus salve as locadoras). Duas semanas depois acabei comprando o jogo. Não dava pra desgrudar da TV. Era dia e noite. Já havia zerado o jogo umas duas vezes (naquela época levava horas para terminar um jogo). Só parei mesmo porque acabei tendo tendinite. OK, vamos deixar meu passado de lado e partir para o que realmente importa: o game.

Ristar é um daqueles jogos que você começa a jogar e não pára mais. Lançado em 1995 pela Sonic Team (aquela mesmo responsável pelos jogos do Sonic), o jogo pode não ter sido um sucesso de vendas, mas isso se deve principalmente ao fato que em 1995 o top eram os consoles de 32 bits e de 64 bits. Mesmo assim, Ristar ainda mantém um grande número de fãs.

Na história, um terrível alienígena de nome Greedy corrompeu os líderes dos planetas de uma distante galáxia, escravizando e população e até mesmo capturando o Herói Lendário (Legendary Hero no game). Alguns habitantes que ainda não haviam sido capturados fazem uma desesperada prece que foi respondida pelo filho do Herói. Agora Ristar deve libertar os habitantes dos planetas assim como seus líderes e resgatar seu pai das garras do terrível Greedy.

No jogo, Ristar usa suas mãos para agarrar seus inimigos e puxá-los contra seu próprio corpo, arrasando-os. Além de poder destruir seus inimigos, a pequena estrela pode usar suas mãos para agarrar no cenário ou alcançar itens escondidos em buracos, podendo explorar diferentes caminhos dentro da fase.

Um ponto interessante e de certa forma até engraçado, é a forma como Ristar perde uma vida. Após perder todas as estrelas que são seus marcadores de vida, a última estrela cai e acerta a cabeça do personagem, o fazendo desmaiar. Outro ponto no mínimo curioso é que no final de cada fase, com exceção dos chefes, Ristar recebe pontos de acordo com a altura que ele sai do cenário (isso me lembrou um pouco Super Mario World).

Os gráficos de Ristar são excelentes e podem ser considerados os melhores do Mega. O protagonista da história assim como seus inimigos são muito bem detalhados e os cenários são uma obra de arte a parte. As cores fortes ajudam a dar destaque para os gráficos do jogo. O som do game é realmente incrível, com efeitos sonoros muito bons (como o som do pulo de Ristar) e músicas que se adéquam às fases perfeitamente.

As versões do game apresentam diferenças, principalmente entre a versão japonesa e a americana. Um exemplo dessa diferença é vista no chefe Itamor que deixou de ser um gato grande e passou a ser um monstro de gelo.

O pessoal do Sonic Team fez um ótimo trabalho ao desenvolver Ristar e mostrou ao mundo que o console da Sega ainda tinha potencial para grandes jogos.




NOTA FINAL: 9,9
COM TODA CERTEZA RISTAR É UM DOS MELHORES JOGOS DE MEGA DRIVE JÁ LANÇADO E PROVA QUE A GERAÇÃO 16BITS AINDA NÃO ESTAVA MORTA.
Plataforma:


Comente com o Facebook: