Original ou não? (Mega Drive)

domingo, 12 de outubro de 2008 Postado por Andreas L.S.

Com computadores a preços cada vez mais acessíveis, mais e mais pessoas estão tendo acessos aos emuladores e aos clássicos dos games. Entretanto, ainda há um número grande de pessoas que se negam a entregar seus velhos consoles ao fundo dos guarda-roupas e preferem comprar seus cartuchos.

É fato que, mesmo com vídeo games que usavam cartuchos, a pirataria rolava solta. Jogos que ainda não haviam sido lançados já estavam nas prateleiras de locadoras ou barraquinhas de camelôs, principalmente na era 16bits. O número de cartuchos falsos era tão grande, que se tornava difícil saber se o jogo que você desejava comprar era original ou não.

Se você pretende comprar um cartucho de Mega Drive, mas não tem certeza se ele é original ou não, ou acredita que está sendo passado pra trás por algum vendedor espertinho, leia o post até o fim e confira se o cartucho é ou não original.

O primeiro passo é a caixa. Alguns vendedores podem afirmar que com o tempo perderam a caixa e os manuais, o que pode ser verdade ou não. Os jogos originais, com exceção de alguns que acompanhavam os consoles, vinham em suas caixas originais, com os manuais e certificados de garantia. No entanto, algumas cópias eram tão fiéis que vinham em caixas idênticas às originais, tornando assim esse critério um pouco impreciso.

O segundo passo é a cor da parte de baixo do cartucho. Os cartuchos originais têm seus encaixes marrons, enquanto os falsos são verdes ou brancos. Esse passo geralmente é crucial, pois todos os cartuchos originais têm seus encaixes marrons, embora haja pessoas que juram que seus cartuchos de encaixe brancos são originais (acredito...).


"Cartucho Original"


"Cartucho Pirata"

O terceiro passo é ver se o invólucro é parafusado ou de encaixe. Os cartuchos originais são todos parafusados, enquanto os falsificados têm suas partes frontais e traseiras encaixadas uma nas outras. Ainda na parte traseira do invólucro, se o cartucho for nacional, deverá estar escrito em alto relevo, TECTOY IND. DE BRINQUEDOS S.A.


O quarto passo, assim como o primeiro, não é preciso. Na parte frontal do invólucro, verifique se há uma faixa vermelha escrita MEGA DRIVE na vertical e o nome do jogo seguido da produtora na horizontal. Novamente, essa dica é valida para cartuchos nacionais e não é regra.


O quinto passo é abrindo o invólucro e verificando a sua parte interna. O cartucho deve ter um chip grande na parte da frente da placa com uma numeração impressa. Na placa também deverá estar escrito SEGA e o ano de fabricação, ex: SEGA 1995 MADE IN JAPAN. O cartucho falso tem componentes mínimos que são cobertos por uma camada pequena de betume.


"Cartucho Original"

"Cartucho Pirata"

O sétimo e último passo também é valido apenas para cartuchos nacionais e é uma forma segura de confirmar sua originalidade. Na parte interna traseira do invólucro, deverá haver um selo da TEC TOY com uma numeração específica, que comprovará a autenticidade do cartucho.


Se o cartucho que você tem ou pretende comprar atender todos os critérios citados acima, parabéns, pois se trata de um cartucho autêntico. No entanto, se ele não apresentar algum dos critérios, não perca as esperanças, ele ainda pode ser original. Dê prioridade ao segundo e quinto passos, pois são os mesmos, independente do país onde ele foi comprado.


O caso Sonic & Knuckles


O caso de pirataria de Sonic & Knuckles foi especial e merece ser comentado individualmente.

O cartucho original de Sonic & Knuckles passuia um encaixe na parte superior para que o jogador pudesse encaixar outro cartucho da série Sonic (1, 2, ou3), permitindo que eles fossem jogados com o personagem Knuckles, ex: Sonic 2 & Knuckles.

No cartucho falso não havia entrada para o segundo cartucho, o que causou certa confusão entre alguns gamers que compraram os cartuchos falsos. Quando eles procuravam por dicas e códigos nas revistas especializadas da época, nunca encontravam uma dica pra Sonic & Kuckles, mas encontravam várias para suas “junções”. Alguns jogadores ficavam doidos procurando uma forma de encaixar um cartucho no outro, chegando até a procurar por um adaptador especial ou desmontando seus cartuchos, o que não funcionava.

Para esclarecer qualquer dúvida, dê uma olhada nas fotos abaixo.


"Pirata e Original"


Comente com o Facebook: