The Simpsons: Bart vs. the Space Mutants (NES / Mega Drive)

quarta-feira, 28 de julho de 2010 Postado por Tristan.ccm


Gênero:
Plataforma


Fabricante: Acclaim


Lançamento: 1991


Jogadores: 1 player





Criada por Matt Groening em 1989, a série da família amarela sempre foi um estrondoso sucesso com sua crítica ao American Way of Life e seus personagens emblemáticos. E esse sucesso rendeu, como não podia deixar de ser, vários produtos relacionados. Nos games, embora alguns não façam tanto sucesso assim (The Simpsons Wrestling, para PSX, é uma grande bomba, fujam dele!), a turma de Homer geralmente emplaca ótimos jogos, como o game de arcade (uma das poucas máquinas que reunia 4 players ao mesmo tempo) e Bart's Nightmare, para SNES. Space Mutants engrossa essa lista.

Um belo dia, Bart Simpson passeava pela rua à noite quando um estranho barulho atrai sua atenção. Escondido, ele descobre que mutantes do espaço estão planejando uma invasão, mas para construir suas armas os aliens precisam de certos objetos. Bart parte, então, para recolher esses itens antes dos invasores e salvar Springfield.

Os aliens não podem ser derrotados, no máximo você pode libertar alguns humanos possuídos por eles, pulando em suas cabeças no melhor estilo Mario. Porém, nem todo humano é inimigo, é importante identificar quem é quem com os óculos de raios-X antes de pular ou Bart levará uma pancada (duas tiram uma vida). Cada humano libertado rende a Bart uma letra do nome de seus familiares (um por fase), e montando o nome você ganha uma bônus. Além dos óculos, o jovem Simpson também pode conseguir alguns itens muito úteis, como o estilingue, o spray, as bombinhas e, como todo bom jogo do gênero plataforma, moedas. Juntando quinze, Bart ganha uma vida (o que também ocorre quando ele pega os rostos do palhaço Krusty, posicionados em lugares nem sempre de fácil acesso).

As diferenças entre as versões do Drivo e do Nintendinho são gritantes, embora o jogo seja o mesmo nos dois consoles. Graficamente, óbvio, o console da Sega ganha de goleada, com gráficos muito próximos ao desenho. Mas apesar de ter o dobro da potência, ele perde para o NES numa coisa: as músicas. Embora o console de 16 bits tenha um som mais limpo, com direito a uma fala de Bart quando ele morre (coisa que foi tentada, sem sucesso, no NES), ele não tem o tema oficial da série, só possível de ouvir no Nintendinho. Realmente o jogo fica melhor no Mega Drive, mas os fãs da série donos do 16 bit da Sega certamente sentiram falta da música-tema do seriado.

Além disso, tem a dificuldade do jogo. Embora você saiba desde o início da fase qual e quantos itens deve coletar e, exceto pela última fase, sempre há mais do que o necessário espalhado pela fase, o fato dos aliens não serem "derrotáveis" e estarem espalhados aos magotes pelas fases certamente vai fazer você morrer diversas vezes (sorte que as caras do Krusty aparecem de montão). Além disso, desde a primeira fase você terá que fazer coisas pouco intuitivas para cumprir a meta da fase. Onde, senão num detonado, você acha a informação de que, na primeira fase, dá pra usar uma moeda no orelhão pra passar um trote para o Moe (aquele do bar que o Homer frequenta), e que isso te ajuda a completar o contador de "goal"?

Apesar de ser um pouco confuso por causa dessas e outras coisas (os controles meio travados e confusos do NES, por exemplo), Space Mutants é um dos melhores jogos dos Simpsons. Ele é complicado e difícil, mas muito gostoso de jogar, com muitas coisas escondidas para os fuçadores de plantão e um desafio onde é preciso mais que habilidade (leia-se "use o cérebro") para salvar Springfield da escória do espaço e, literalmente, alcançar seu lugar em meio aos heróis da América.



NOTA FINAL: 9,0
BART VS. SPACE MUTANTS É UM DOS MELHORES JOGOS DOS SIMPSONS. PODE PERDER PARA O GAME DO ARCADE, CONSIDERADO O GRANDE JOGO DA FAMÍLIA AMARELA, MAS É BEM DIVERTIDO.
Plataforma: ,


Comente com o Facebook: