Yo! Noid (NES)

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012 Postado por P.A.


Gênero: Plataforma


Fabricante: Capcom


Lançamento: 1990


Jogadores: 1 player





Yo! Noid é o típico jogo que ganhou certa fama por sua dificuldade exagerada. E dá mesma forma que Super Mario Bros. 2, Yo! Noid também não é "original", mas sim uma versão modificada de outro jogo chamado Kamen no Ninja - Hanamaru. Ao invés de jogar com um ninja e sua fiel águia, nós controlaremos um cara fantasiado de coelho armado com um iô-iô... Parabéns mesmo Capcom!

Uma rede de pizzarias chamada Domino's Pizza, tinha como um mascote um cara de meia-idade fantasiado de coelho que brincava com um iô-iô e numa atitude marketeira em parceria com a Capcom, usou o jogo Kamen no Ninja - Hanamaru como base pra lançar um jogo baseado no seu mascote coelho.
A história é tão bizarra quanto seu mascote... Um Noid (coelho) verde está aterrorizando a cidade com sua turminha do barulho e o prefeito da cidade resolve chamar o Noid vermelho, que está armado com seu poderoso iô-iô pra combater o mal e comer mais pizzas que os outros Noids. Pois é...

Os gráficos são o ponto alto do jogo. Os cenários são muito coloridos e bem diversificados, afinal são 14 cenários diferentes e bem trabalhados! Os sprites, principalmente do personagem principal são detalhados e grandes na tela. Pena que os antagonistas são versões idênticas à sua, mudando apenas de cor. De todos os modos, é o que há de melhor nesse jogo...
As músicas são muito bem compostas e bem legais... Nada muito memorável como de outros clássicos do console, mas a Capcom criou uma boa trilha sonora pra um jogo usado como marketing. Os efeitos sonoroso são os típicos barulhinhos da época que estamos acostumados.

A jogabilidade é mediana. Você tem que andar, pular e atacar os inimigos com seu poderoso iô-iô e até aqui vai bem. Porém, em uma fase, nosso incrível herói devorador de pizzas utiliza um skate, que é horrível de controlar, pois estou tentando até agora entender como atacar inimigos com o skate, afinal, em alguns momentos você atinge o inimigo e ele morre, porém na maioria dos casos, quem morre é você...
Tem também uma espécie de pogoboll e um girocóptero. O pogoboll é usado numa fase no alto de um prédio, que convenhamos, não é o local mais seguro pra se usar tal objeto.
A fase com girocóptero é chata demais, pois você não pode atacar e seu girocóptero na realidade não voa... Você tem que ficar apertando o botão A e ele vai meio que pulando, junte isso com uma boa quantidade de inimigos e obstáculos que você encontra pelos céus de Nova York e você terá problemas! Sem contar que assim que a fase se inicia o nosso herói cai como uma pedra e se você não conhece a fase e não sabe que é preciso apertar o botão pra que ele fique no ar, você certamente perderá uma vida dessa maneira estúpida, pegando à todos de surpresa...
Há também magias pra você utilizar. Sim, o mascote da pizzaria é um bruxo! Estou tão horrorizado quanto vocês...
As batalhas contra os chefes são feitas na base de cartas com números pra disputar quem come mais pizzas, assim sua missão é usar a inteligência pra que no final suas cartas superem as cartas escolhidas pelo Noid rival. Na maioria das batalhas basta não permitir que o rival consiga comer o número de pizzas suficientes pra vencer que você terá o deixado sem cartas e você vencerá mesmo que ele esteja na sua frente no placar! Porém, ao progredir no jogo o seus rivais vão receber cartas muito melhores que as suas, com diversos números altos (como 4 e 5) e você terá inúmeras cartas baixas (como 1 e 2) e vencê-los vai se tornar muito difícil! Essas batalhas de cartas contra outros Noids são bem chatas e muito demoradas... Chega a irritar o tempo que se perde jogando baralho com eles.

Yo! Noid é dificíl pra caramba! O personagem morre com um único golpe e como citado anteriormente, em alguns momentos é muito difícil escapar de tantos obstáculos, ainda mais com tantos inimigos e buracos infinitos por perto. Inimigos cada vez mais chatos de se derrotar, coisas caindo do céu, água fatal, buracos infinitos e até plataformas podem matar o herói... Sim, se você errar o pulo e cair no canto de uma plataforma é morte pra você!
Mesmo assim, Yo! Noid conquistou muita gente que considera esse jogo muito bom! Pra mim, um exagero... Está longe de ser um dos piores jogos do console de fato, mas também não é toda essa maravilha que dizem por aí.




NOTA FINAL: 6,0
PARA UM JOGO COM FINS PUBLICITÁRIOS, ATÉ QUE YO! NOID SERVE COMO PASSATEMPO, AINDA MAIS SE FORMOS LEMBRAR DO JOGO DO RONALD MC'DONALD, COMO PARÂMETRO PRA COMPARAÇÃO DE OUTRO JOGO PUBLICITÁRIO!
Plataforma:


Comente com o Facebook: