Os Chatos (IX)

terça-feira, 11 de março de 2014 Postado por Azrael_I

Professor T-Bird
Estreia: Battletoads (Nes, Computador AMIGA)




Auge da Chateação: Battletoads & Double Dragon (Nes, Mega Drive, Game Boy e Snes)




Última Aparição: Battletoads in Battlemaniacs (Snes e Master System)



"Even I could've beaten that!" - Professor T-Bird

No meu post recente sobre Battlemaniacs os leitores do Blog podem ter estranhado a hostilidade com que tratei um dos personagens da franquia Battletoads (isso, claro, aqueles que nunca jogaram nenhum game dos Battletoads e não chegaram a ver essa ave maldita), então para deixar as coisas claras decidi ressuscitar esta série do Tristan apenas para falar de um dos coadjuvantes mais chatos que os produtores de games já fizeram: o Professor T-Bird.

Então por que você não faz, em vez de mandar os outros, desgraça?

Muita gente compara Battletoads com as Tartarugas Ninja, devido à semelhança entre os jogos e os personagens; bom, se os Toads são equivalentes às Tartarugas, o Professor T-Bird é o equivalente ao Mestre Splinter, ou seja, é ele o chefe dos Battletoads, quem os orienta, organiza e treina, além de avisá-los dos planos de sua arqui-inimiga Dark Queen (que pra falar a verdade eu sempre achei uma vilã melhor que o Destruidor...), fazer suas máquinas e conduzí-los pelas fases contra os demais inimigos. Se ele se limitasse a isso tudo bem, T-Bird não passaria de um "Splinter Genérico"(com uma pitada de Donatelo), como tantos que haviam nos anos 80 (sim, haviam muitas cópias das Tartarugas, uma pior que a outra)... o problema é que ele faz tudo, menos dar apoio moral aos Battletoads! Sentado em sua cadeira (um poleiro não seria mais adequado?) e controlando os passos dos Toads pelas fases através de seu computador, T-Bird aparece entre as fases e dá dicas (a maioria inútil) sobre a fase que está começando e faz comentários sobre a fase que termina, em geral discutindo com a Dark Queen o desempenho dos Toads. O problema é quando o jogador perde um Continue (coisa bem frequente em todos os games da série): T-Bird aparece fazendo algum comentário ácido, esculhambando os Toads, do tipo "As coisas parecem estar indo bem, Toads... pro lado da Dark Queen!" Quer dizer, os Toads (e às vezes os Double Dragons) são a única esperança da Galáxia e o próprio chefe tira sarro deles?!

Eu com certeza não riria com a possibilidade da Terra acabar...

Battletoads (e suas continuações) já é um game difícil pra C@#@LHO, e a coisa fica ainda pior com os comentários do "chefe" dos Toads: em vez de tentar animar o jogador, seus comentários só dão mais raiva; num Beat n' Up normal isso até que seria bom pois daria mais gás para sair espancando os oponentes (de preferência imaginando eles com a fuça da ave maldita...) mas Battletoads, apesar de ter fases de Beat n' Up, é um jogo mais de habilidade, memorização e técnica e qualquer emoção mais forte acaba por tirar a concentração dos jogadores, que precisam de cabeça fria e mente aguçada para superar os quebra-cabeças das fases do game.

What the "frog"?!

Qualquer um que tenha participado de uma equipe sabe que é função do chefe/treinador/organizador/diretor ou equivalente dar apoio moral, levantar o ânimo, manter o bom humor da equipe e mantê-la unida, e não tentar humilhá-los! Com um líder desses, é de admirar a fidelidade dos Toads (ou a burrice) em continuarem na equipe desse urubu em vez de passarem pro lado da Dark Queen pois, verdade seja dita, uma vilã gos... hã, saudável daquelas, de fala suave e que ainda ajuda de vez em quando (mandando fases de bônus) é bem mais atraente do que um chefe que, além de mandar os caras para missões suicidas (bota suicida nisso!), ainda gosta de humilhá-los... e isso quando o desgraçado não tenta tomar crédito por algo que não fez  e aproveita pra alfinetar os inimigos derrotados como se ele tivesse feito todo o trabalho sozinho!

"Roper, nossos punhos derrotaram suas balas" Nosso punhos aonde, ave do mal?! Quando que você levantou uma dessas asas pra dar um único soco (o que seria aliás anatomicamente impossível) em vez de ficar jogando videogame enquanto os outros se ferram nas mãos da Dark Queen?


Pra piorar as coisas, a última fala dos games costuma ser do Professor T-Bird, que apenas faz um comentário inútil... pra fechar com chave de ouro, o pior de tudo: por ser um NPC (Non-Player Character, personagem não-jogável) e ainda por cima um aliado, não é possível matar o T-Bird, nem sequer dar um único soquinho nesse bico amarelo tagarela! Como diz o Tristan, pior do que um chato só um chato que não morre! Maldita ave mocoronga!




Maldita ave mocoronga!

CURIOSIDADES SOBRE T-BIRD

- O único game da série em que T-Bird não aparece é em Super Battletoads para Arcade (mas ele é mencionado na história do game);

- No único episódio do desenho animado de Battletoads é T-Bird quem cria os Toads, dando a três nerds terráqueos uma poção especial; agora até faz sentido a Dark Queen chamá-los de "Battlenerds"...

- O dublador americano de T-Bird nesse episódio piloto é Michael Donovan, que entre muitos outros personagens dublou também o Conan (em seu próprio desenho), o Guile (no cartoon de Street Fighter) e o Dentes-de-Sabre (em X-Men Evolution)! Fazer o que, acho que todo artista tem que ter uma mancha na carreira (quer dizer, uma mancha MAIS negra do que o horrível desenho do Conan ou o péssimo cartoon de Street Fighter)...

- Pra não dizerem que é implicância só minha: o site I-Mockery colocou T-Bird na lista das Aves Mais Mortais do Nes, ao lado do pássaro de Ninja Gaiden (outro desgraçado) e do pássaro-robô de Megaman que botava um ovo com vários outros pássaros dentro... pra estar nessa lista tem que ser MUITO maldito (ou nem tanto, já que o Tio Patinhas também está...)!

- Ah sim, não adianta perguntar: não consegui achar em nenhum lugar o significado do "T" em T-Bird (supostamente seria ThunderBird, em homenagem ao carro da Ford, mas eu tenho minhas dúvidas...). Se alguém souber o significado e puder me ajudar, eu agradeço.


Comente com o Facebook: