Consoles Cancelados (V)

sexta-feira, 14 de novembro de 2008 Postado por Tristan.ccm

Atari Phanter, uma fera mansa demais


Houve uma época em que o nome Atari era sinônimo de videogame. É só lembrar que quase todo mundo da minha idade deve ter tido um Atari 2600 (ganhei o meu aos 6 anos de idade \o/), um dos consoles mais bem sucedidos da história. Porém, a empresa não soube se manter no topo e, com uma verdadeira hecatombe causada pelos inúmeros jogos ruins que lançou, naufragou e quase levou junto toda a indústria dos games.












À esquerda, como era para o Phanter ter sido. À direita, um dos protótipos construídos. Que diferença, né?


Eles não deram valor à aventura da Nintendo nos EUA e, quando perceberam, o NES era uma febre mundial. Quando viram que o mercado dos games era novamente algo promissor, tentaram voltar ao topo, mas seu console (rebatizado de Atari 7800) estava anos-luz atrás de Nintendinho e Master Sistem. Eles precisavam de algo novo.

Com todo o estardalhaço, em meio a especulações do sucessor do NES e ao barulho do recém-lançado Mega Drive, a Atari anunciou que tinha dois projetos assombrosamente a frente de seu tempo: enquanto a novidade da Sega tinha 16 bits, seus consoles teriam 32 (Phanter) e 64 (Jaguar), ou seja, pulariam a nova geração e inaugurariam a próxima.



Crescent Galaxy seria lançado para o Phanter, mas acabou no Jaguar. Seja como for, essa cópia safada do R-Type fracassou.

O plano original era primeiro lançar o Phanter para bater de frente com Mega Drive e SNES (quando ele chegasse), e depois lançar o Jaguar para consolidar a liderança. Porém, como em quase todo caso de cancelamento, o projeto atrasou. Quando os primeiros protótipos do Phanter ficaram prontos, o 3DO já existia, e perto dele o Panther parecia um gatinho assustado. Afinal, seus 32 bits eram tão picaretas quanto os 64 do Jaguar. Vendo que iria apanhar feio, a Atari decidiu cancelar o Phanter e apostar todas as suas fichas no Jaguar, mandando para ele os jogos que deveriam ir para o Phanter. Foi um ato de quase desespero, pois o Jaguar era ainda mais manso e ajudou a sepultar de vez o sonho da Atari de resgatar o sucesso perdido.

Gostou? Quer saber mais de outro console que não tenha existido? Escreva pra gente!
Na próxima, o mais famoso de todos os vaporwares: SNES ND Drive!



Comente com o Facebook: