[Games em Foco] As coisas mais estranhas dos jogos

segunda-feira, 28 de setembro de 2009 Postado por P.A.

Esse é um tema que pode gerar polêmica... Afinal, estamos falando de jogos, ou seja, é tudo ficção! Son coisas que non ecsistem!
Se formos analisar todas as coisas estranhas em jogos, arrisco a dizer que nenhum iria sair ileso, afinal, temos encanadores italianos que usam flores pra atirar bolas de fogo em dragões num mundo dos cogumelos, e ouriço com cabelo maneiro e sapato invocado que corre na velocidade da luz, e muitas coisas mais que não fazem sentido algum...
Mas a questão é que tem algumas coisas nos jogos, que fogem à regra e acabam se tornando muito esquisitas, e nós acabamos ignorando histórias tão mirabolantes para pura e simplesmente nos indagar sobre esses “pequenos” detalhes que acabam fazendo menos sentido que qualquer outra coisa! Entendeu? Não?!?! Porra nem eu!
Falei, falei, falei... E num deu em nada! Mas acompanhe-me no [Games em Foco] de hoje e talvez vocês entendam melhor o que estou querendo dizer...


Latas de lixo premiadas
Nossos pais viviam falando pra não pegarmos coisas de estranhos ou que estivessem no chão, pois poderiam fazer mal!
E de repente, vêm os Beat’em Ups e nos mostram que comer coisas do lixo, pode recuperar nossa saúde.
É, era muito difícil educar os filhos naquela época...
Eu não poderia ter começado esse artigo com outro fator tão estranho! Como pessoas jogam frangos assados inteiros na lata de lixo?
E pior... Como os caras comem coisas do lixo?
E pior... [2] Como eles não passam mal?
Fora as comidas deliciosas e suculentas encontradas na lata de lixo, podemos também encontrar rádios, jóias, dinheiro, barras de ouro e diversas armas!


Aii! Bati em alguma coisa...
Todo mundo já topou com uma barreira invisível em algum momento de determinado jogo! Elas estão lá para impor um limite ao jogador...
E você certamente, estava em cima de um penhasco e pensou: "Vou jogar esse inimigo morro a baixo!"
E quando jogou, ele parou na barreira invisível! Maldita seja!
Mas é claro também, que o contrário também aconteceu... Os inimigos tentaram te jogar e você foi salvo pela barreira.
Os jogos possuem essa barreira para impor um limite até onde o jogador pode passar! Só que alguns casos, não fica tão bom... Como no exemplo do penhasco! Nem precisaria dela lá em cima, porque assim ficaria mais bacana e todo mundo poderia cair. Claro, ficaria mais difícil... Mas bem menos estranho!


Personagens que não sabem nadar
Tá certo, isso nem seria algo estranho, afinal nem todos sabem nadar e portanto não seria obrigatório pros personagens de jogos! Mas tem alguns jogos que abusam...
Vocês certamente conhecem um jogo chamado “Frogger” onde jogamos com um sapo (sério?) e temos que atravessar um rio... Só que ao cair na água o sapo morre!
Porra, porque um sapo morre ao entrar em contato com a água?
E tem também o Altair (Assassin’s Creed)! O cara escala prédios enormes usando o tal do Le parkour - aquele negócio que falam que é esporte, mas nunca vi pular muro das casas ser esporte... Aqui na minha terra isso tem outro nome. Se alguém tiver pulando o muro de casa eu dou um tiro! Le parkour de cú é rola!
Além de escalar prédios, o cara anda nas sombras, rouba coisas sem ser notado, combate inúmeros inimigos, mas quando cai na água, morre... Merda de assassino incompleto, deveria ter terminado o curso pra ficar melhorzinho né!


Plataformas Voadoras
Esse é um tema muito discutido pelos gamers... Como diabos essas plataformas ficam flutuando? E ainda aguentam o peso dos personagens sobre elas...
Quem será que resolveu construir plataformas voadoras? E como esse cara conseguiu tal progresso?
É sem dúvidas uma descoberta interessante, deveria ser usado em outras coisas... Já imaginou construir plataformas voadoras pra se alcançar os lugares? Seria fantástico!
Aliás, um mistério maior ainda é porque diabos construíram plataformas voadoras no meio da selva ou em cavernas!
As plataformas voadoras e as paredes invisíveis são coisas inexplicavelmente estranhas... Colocadas em lugares mais estranhos ainda!


Portas blindadas...
Está você jogando com seu agente da SWAT, armado até os dentes, com metralhadoras, granadas, bazucas, shotguns, explosivos, armas nucleares e uma faca (tem que ter a faquinha)... E quando chega numa porta, ela simplesmente não abre!
E você tem que digitar uma senha ou então buscar algum item pra abri-la... Catso, só olhar no seu inventário e verás que não precisa de item nenhum! Fuzila essa merda dessa porta...
E outra, sendo você um soldado treinado, deveria ter aprendido a arrombar portas!
Mas curiosamente, essas portas são blindadas e pasmem, nem usando a poderosa faquinha, você conseguirá abri-la!


Seja bem-vindo à minha humilde residência...
Isso simplesmente me intriga! Cena comum em RPG’s, você armado com espadas, escudos e armaduras, entra na casa de qualquer um com muita naturalidade, mexe nos armários, baús, visita todos os cômodos da casa e sai de lá com os bolsos cheios de itens da família, e mesmo assim, ninguém chama a polícia!
E ainda sempre são amigáveis com você, te dão dicas e tudo mais...
O pessoal dos RPG’s é muito amistoso mesmo! As portas das casas deles sempre estarão abertas pra você entrar e fazer a faxina na casa!
Hoje em dia, mesmo trancado o povo faz a faxina e leva tudo... Os tempos mudam mesmo!


Bolso infinito
Ao longo de sua extensa jornada, você encontra itens que poderão ser úteis e vai guardando todos! Espadas, escudos, flechas, bombas, dinheiro, poções, livros, chinelos, bigornas, pedras, uma TV de LCD, um notebook... Bem, o fato é que guarda tudo que você encontrar pelo caminho; pelas latas de lixo ou nas casas dos outros!
Impressionante que cabe tudo no seu bolso ou na sua mochila... E nem fica pesado nem nada! Você caminha e até corre normalmente!
Pior ainda ocorre nos jogos do Pokémon... Como o personagem guarda uma bicicleta na mochila?


Quebra-cabeças/Puzzles nos lugares mais estranhos
Imagine você morando na mansão de Resident Evil! Numa bela noite desse um baita de um revertério em você... Só que pra abrir a porta do banheiro que é blindada, você teria que reunir duas esmeraldas, alinhar os quadros na ordem correta, e ainda digitar uma senha! Bem, até lá você já teria se cagado todo!
É, eu nunca quis morar em mansões mesmo... Prefiro morar na minha casinha! Pelo menos posso cagar tranquilamente.


Barris explosivos
Uma coisa muito comum em FPS é encontrar diversos barris explosivos pelo cenário! O que é estranho, afinal, se os caras sabem que esses barris podem explodir com muita facilidade, porque espalhar eles pelo lugar?
E ainda por cima, tem carinhas que fazem questão de se esconder atrás do barril quando percebem que você está atirando... Pow, tá de brincadeira né!?!?


Lugares maiores por dentro que por fora...
Está você passeando por uma cidadezinha e vê uma casa pequena, no máximo deve ter uns dois cômodos! Isso olhando por fora...
Ao entrar você se depara com uma sala, uma cozinha, três quartos, banheiro, lavanderia, uma academia, piscina aquecida, churrasqueira e ainda um jardim suspenso e elevador!
É incrível como o arquiteto que projetou tal casa, conseguiu dar a ela uma ilusão pra que parecesse pequena por fora!


Nada que uma boa noite de sono não resolva...
Ahh nada como uma boa noite de sono pra nos deixar novinhos em folha hein! Tá com dor de cabeça, gripe suína, unha encravada, envenenado, dor de barriga? Basta tirar uma boa soneca e pronto, seus problemas estarão resolvidos!
Tá, a dor de barriga não... Pra isso vá num banheiro que não seja na mansão de Resident Evil!
Mas voltando aos fatos, é fascinante ver como os caras associaram o sono com a cura de tudo! Realmente, tirar uma pestana é muito bom... Mas quem dera acabar com todos nossos problemas de saúde!


Não encosta em mim!
Cara, como podem fazer jogos assim? Sério, peguem como exemplo a série Contra... Como soldados tão fodas e machos podem morrer por apenas encostar nos inimigos? Mas que merda de soldados são esses que não aguentam um simples esbarrão...
Alguém já jogou Transformers do NES? Como pode um robô de dez metros de altura morrer ao encostar em inimigos minúsculos ou em pequenas pedras?


Vendedores em lugares estranhos...
Tem vários jogos que pra dar uma colaborado com o jogador, colocam alguns carinhas pra vender itens e armas! Claro, isso é ótimo pra gente! Mas por que diabos tem um vendedor lá na casa do caralho?
Em Resident Evil 4 por exemplo... Por que tem aquele carinha lá? Pra quem ele pretende vender suas armas? Pros ganados?
Será que ele não tem visão empreendedora pra saber que o mercado lá não lhe dará o retorno ideal? Apenas Leon compra coisas dele... Aliás, comprava né! Mas bem feito pra ele, por ter permanecido lá!



Putz, esse [Games em Foco] de hoje ficou meio grandinho!
Mas tá aew as "Coisas mais estranhas dos jogos" que eu consegui me recordar...
E vocês, lembram de mais alguma coisa bizarra e que não tem sentido?
Plataforma:


Comente com o Facebook: