Perfil: Samus Aran

sábado, 30 de abril de 2011 Postado por Tristan.ccm



Estreia: Metroid (NES, 1986), como personagem principal



Jogos mais marcantes: Super Metroid (SNES, 1994), que alavancou a série; e Metroid Prime (GameCube, 2002), que a reformulou como FPS



Última aparição: Metroid: Other M (Wii, 2010), que mescla as antigas plataformas com o atual FPS.



O casal Rodney e Virginia Aran vivia feliz em seu planeta natal K-2L quando os piratas espaciais liderados pelo dragão Ridley invadiram o planeta, com o objetivo único de saquear e destruir tudo o que viam pela frente. Vendo que não teriam escapatória, enviaram sua pequena filha, Samus Aran, numa cápsula de fuga rumo ao espaço. A cápsula acaba caindo no planeta vizinho, Zebes, onde os habitantes, conhecidos como Chozo, vêem na pequena garota um sinal divino, pois sua antiga religião falava de uma guerreira que viria dos céus para trazer a justiça a todas as criaturas. Assim, a jovem Samus foi adotada por eles.


Donos de uma tecnologia sem igual, os Chozo infundem em Samus um pouco de seu DNA, o que dá à jovem garota força e agilidade superiores às dos humanos normais. Eles a treinam para que se tornasse a guerreira lendária, e aos 14 anos a jovem recebe a Power Suit, uma armadura especial que dá a Samus as mesmas habilidades de um Chozo, inclusive a habilidade de se transformar numa esfera quase perfeita para atingir locais de difícil acesso. Na mesma época, Samus é enviada para a Federação Galáctica para completar seu treinamento. Infelizmente, os piratas espaciais viam no planeta Zebes o local ideal para seu quartel general (o planeta era oco, e feito de um material duríssimo). Com isso, os Chozo também foram exterminados.









Samus passa seus jogos o tempo todo coberta da cabeça aos pés por sua armadura. Mas sua beleza pode ser admirada: caso você termine o jogo num tempo relativamente curto, pode ver imagens como essas!


Samus nunca completou seu treinamento na Federação Galáctica, pois sempre acabava se desentendendo com seus superiores. Com isso, acabou abandonando a Federação e se tornou uma caçadora de recompensas. Ironicamente, foi graças à Federação que Samus pôde confrontar os piratas espaciais que tanto marcaram sua história, pois as tropas da federação tiveram de pedir sua ajuda por não conseguir invadir a inexpugnável fortaleza construída pelos piratas em Zebes. Se não fossem impedidos, os piratas poderiam dominar os Metroids (alienígenas capazes de absorver qualquer forma de energia), com consequências catastróficas. Samus aceita a missão, e desde então luta contra os piratas espaciais e outros inimigos da Federação.


Essa é a história da primeira mulher protagonista de um jogo eletrônico. Apesar da cronologia um tanto confusa da série (a série Prime, por exemplo, mostra acontecimentos entre o primeiro jogo, do NES, e o segundo, do Game Boy), Metroid diverte qualquer um que gosta de um bom jogo de ação, seja pulando em plataformas, seja vendo apenas a ponta do canhão acoplado ao braço da heroína. Sem Samus, talvez outras protagonistas como Lara Croft, Jill Valentine e Terra Branford não tivessem existido. Samus provou que não é preciso para uma mulher ser sensual para ser uma heroína, pois embora ela seja bela esse não é seu único atributo.


CURIOSIDADES SOBRE SAMUS


- Apesar de causar certa polêmica, pois na versão para NES Samus tinha cabelos verdes, a aparição de uma Samus loira em Super Metroid (SNES) e Super Smash Bros (N64) agradou os fãs, tanto que ela até hoje mantém esse visual.


- O famoso password "JUSTIN BAILEY" do primeiro Metroid para NES (que permitia jogar com Samus sem armadura) não é uma referência a algum programador, como algumas pessoas afirmam. Na verdade, ele é um acrônimo de "just in bailey" (só de maiô, em tradução livre), que é como a heroína aparece fechando o game num curto período de tempo.


- Samus aparece muito pouco fora dos games: teve sua origem contada numa HQ publicada pela revista Nintendo Power, e no catastrófico desenho animado Captain N: the Game Master (uma tremenda bomba, feita a pedido da Nintendo pra divulgar seus jogos) Samus aparece num episódio só pra disputar o amor do protagonista Kevin com a Princesa Lana... e perder! Bem, o que poderia se esperar de um desenho onde Megaman era verde e Simon Belmont era um boiolinha que só se preocupava com sua aparência?



Comente com o Facebook: