Dangerous Dave (PC)

sábado, 23 de julho de 2016 Postado por P.A.

Gênero: Ação / Plataforma


Fabricante: SoftDisk


Lançamento: 1990


Jogadores: 1 player




Dangerous Dave foi um jogo lançado originalmente em 1988 para Apple II, por John Romero (que seria conhecido futuramente por clássicos como Wolf 3D e Doom) para 'acompanhar' um artigo de uma revista da época, conhecida como UpTime. Algum tempo depois, Romero foi contratado pela SoftDisk que pediu a Romero e sua equipe que lançassem dois jogos para acompanhar a edição da revista daquele mês... Com prazo apertado, Romero resolveu portar seu jogo Dangerous Dave para os computadores (o outro jogo foi Catacumb, de John Carmack, também portado do Apple II).
Foi trabalhando na Softdisk que John Carmack, Adrian Carmack, John Romero e Tom Hall se conheceram e algum tempo depois se juntariam para fundarem a id Software e lançarem clássicos que conhecemos o cultuamos hoje.

Não tente pegar todos os itens, pois é impossível!

A história do jogo é digna de um filme... De um filme com Nicolas Cage e Kristen Stewart.
Clyde Cooper, é filho de um cientista da NASA (e essa informação não serve pra nada), que ganhou inúmeros troféus de skate. Você - Dave Perigoso - tem inveja das conquistas do garoto e faz uma aposta com ele pra pegar os troféus pra você. Você acaba ganhando a aposta e consequentemente os troféus, mas Clyde não gostou nada disso (óbvio!!!!) e resolveu esconder os troféus em um esconderijo de um pirata! MAS COMO CARALHOS UM SKATISTA FILHO DE UM CIENTISTA DA NASA CONHECE UM ESCONDERIJO DE UM PIRATA?
Agora cabe à você, enfrentar monstros, lava, água assassina e tudo mais que possa te matar, só pra pegar os troféus que nem eram seus, seu invejoso de merda! 

Dangerous Dave teve fortes influências do maior ícone da Nintendo: Super Mario. O design dos cenários, as warp zones, os inimigos e principalmente e o herói que pula serviram de inspiração.
O jogo contém dez fases e mais quatro áreas secretas (as ditas warp zones), sendo que a primeira fase serve como um tutorial e a dificuldade vai aumentando bastante nas fases finais.
 Os efeitos sonoros são bem simples - típicos da época - que são emitidos apenas pelo speaker do computador.

Ao longo das fases você encontrará dois itens fundamentais para sua jornada de ladrão de troféus alheios: a arma (que eu não preciso explicar pra que serve, pois todos já devem imaginar) e o JetPack (que eu também não vou explicar, pois assim como a arma, acredito que todos saibam sua função... Mas eu poderia ter explicado no tempo em que passei digitando isso aqui). Os tiros da arma são infinitos, mas só podem ser dados um de cada vez, acredito eu, pelo fato do jogo não conseguir processar dois tiros ou mais na tela de uma só vez. Já o combustível do JetPack é limitado e deve ser usado com moderação, pois muitas vezes você precisa dele para alcançar o troféu.

O objetivo do jogo, como já dito, é pegar os troféus espalhados pelas fases. Ao pegá-lo, surge a mensagem "GO THRU THE DOOR!" na parte de baixo da tela, indicando que você pode entrar na porta e ir pro próximo level.

TERRA À VISTA, CABRAL!!!!!!!

Os comandos são bem simples: com a seta pra cima você pula e com esquerda/direita move o personagem. O Ctrl atira e o Alt serve pra ativar/desativar o JetPack.
A movimentação do personagem é um pouco travada, creio que propositalmente, para dificultar um pouco o jogo. Por isso, calcule bem seus pulos pra não se arrepender.
É complicado acertar inimigos também, pois eles se movimentam (óbvio!!!!) e é preciso calcular bem o timing pro tiro acertá-los.
Tome cuidado com qualquer coisa do cenário: água, ervas daninha, fogo... Dave é muito sensível e morre pra quase tudo!

Não há um fator replay em Dangerous Dave, até porque as fases finais são muito desafiadoras e provavelmente depois de terminar o jogo, você não vai querer passar por tudo de novo tão cedo.


NOTA FINAL: 7,0
DANGEROUS DAVE É UM CLÁSSICO JOGUINHO DE PLATAFORMA DA VELHA GUARDA. DIVERTIDO ATÉ HOJE, MESMO SENDO BASTANTE DESAFIADOR NAS FASES FINAIS!
Plataforma:


Comente com o Facebook: