A Era dos Videogames (Parte 5)

quinta-feira, 24 de julho de 2008 Postado por P.A.

1986 – A Sega lança o Master System para competir com o NES!

Depois do lançamento do Atari 7800 surge o Master System, criado pela poderosa Sega que na época, apenas fabricava games para arcades!

O Master System (foto ao lado) possuía gráficos melhores que seus concorrentes e um poderoso chip de som. Mas apesar disso, faltavam jogos de qualidade pro console... Mas a empresa ainda enfrentou um outro problema: as grandes softhouses já estavam produzindo jogos pro concorrente, o NES! Sendo que a Nintendo impôs um contrato para que as softhouses produzissem somente jogos para o NES.

Com isto, o Master System teve que competir com os jogos da Sega, que não eram páreos para Mario, Zelda e cia! E como resultado o Master System fracassou perante o poderoso NES, assim como Atari 7800 e Intellivision.

Relembre alguns jogos do Master System:

































1) Afterburner - clássico dos arcades; 2) Alex Kidd - pra competir com Mario; 3) Double Dragon; 4) Shinobi; 5) Mortal Kombat - em uma conversão tardia e de qualidade duvidosa; 6) Phantasy Star - excelente RPG da Sega.



Mas apesar dos pesares, o Master System fez um tremendo sucesso aqui no Brasil, graças à Tec Toy, emprese que distribuía o console! E pela primeira vez na história, uma indústria brasileira produziria jogos para um console; tais como: Chapolin, Turma da Mônica e Sítio do Pica-pau amarelo.

1987 – Será que alguém supera o NES? O PC Engine supera!

A Nintendo havia acertado em cheio! Seu console, o NES, era um sucesso absoluto e já havia deixado pra trás fortes concorrentes como Master System e Atari 7800, mas a empresa não esperava que a NEC, uma empresa japonesa, lançaria no mercado o PC Engine (foto ao lado), com a dura missão de superar o NES em popularidade e em vendas! Graficamente ele era superior ao NES, sendo que ele vinha equipado com 2 processadores de 8 bits e uma poderosa placa de vídeo de 16 bits! O PC Engine vira sucesso e supera a popularidade do NES no Japão.

A empresa então lança o Turbografx 16 em 1989, que era a versão americana do console! Mas o Turbografx não consegue bater o NES na terra do Tio Sam, devido a fraca campanha de marketing e a demora para coversão de jogos e por ter sido lançado na mesma época que o Mega Drive...



Apesar do nome, o TurboGrafx 16, era um console de 8 bits (o mais poderoso por sinal) e nunca chegou no Brasil, infelizmente!



Vale lembrar que a NEC conseguiu o sucesso no Japão graças a sua aliança com a Hudson. Vários acessórios foram lançados para o PC Engine: pistolas, mouse, expansão de memória e até um sistema que transformava o console em karaokê!

Abaixo, alguns dos sucessos do console:

















































1)1943 da Capcom; 2)Darius; 3)Batman; 4)Cadash; 5)Ninja Gayden - famoso no NES; 6)Operation Wolf - pra ser jogado com a pistola; 7)Bomberman - jogo mais famoso da Hudson; 8)Street Fighter também aparece no PC Engine


Mas foi o drive de CD o mais importante! O PC Engine foi o primeiro console a utilizar tal tecnologia... Mais tarde foi lançado o PC Engine Duo (JP) ou Turbo Duo (EUA), que já vinha com o drive de CD incorporado no console!
 

O Turbo Duo era nada mais nada menos do que a versão híbrida do Turbografx 16 (cartuchos + CD ROM's). Tinha o mesmo processador e características técnicas, mas vinha com uma expansão de memória para que as softhouses tirassem proveito ao fazerem jogos em CD ROM.



Em 1995 o PC Engine desapareceu dos mercados, devido aos novos consoles: Mega Drive e Super Nintendo!


Fim da 5ª parte.... Clique Aqui e confira a 6ª Parte!


Comente com o Facebook: